Exposição sobre a trajetória de dom Paulo chega a Santo Amaro

Evento reabre neste domingo (10) e vai até 28 de fevereiro


Por Redação RBA



Exposição Dom Paulo foi aberta há um ano e meio e percorreu outros pontos da capital


São Paulo – Um ano e meio depois de inaugurada, a Exposição Dom Paulo Evaristo Arns segue sua peregrinação e agora chega ao Centro Cultural Santo Amaro, na zona sul paulistana. A abertura ocorre neste domingo (10). O evento vai até 28 de fevereiro, com entrada franca.

Dividida em diversos ambientes, a mostra destaca seis temas ligados ao religioso: Democracia, Política, Sociedade, Legado Intelectual, Igreja e Comunicação. Por meio de fotos e textos, a exposição conta a história de dom Paulo com os moradores de rua, presos políticos, trabalhadores e movimentos sociais.

O evento tem curadoria e coordenação das jornalistas Evanize Sydow e Marilda Ferri, que em 2017 relançaram biografia de dom Paulo. E de Maria Angela Borsoi, assessora do cardeal durante mais de 40 anos. Ele morreu em dezembro de 2016, aos 95 anos.


Cuidados na pandemia


Em razão da pandemia, os organizadores adotaram algumas medidas de prevenção. Além do uso obrigatório de máscara, os visitantes devem manter distanciamento de pelo menos 1,5 metro. Haverá locais para desinfecção e percursos de mão única, observados por monitores. Visitas em grupo serão permitidas, mas com no máximo 10 pessoas, que serão divididas durante a permanência no local.

A exposição ficará aberta de terça a domingo, das 10h às 17h30. O Centro Cultural Santo Amaro fica na avenida João Dias, 822 (telefone 5541-7057).


Câmara Municipal de São Paulo
Palácio Anchieta - Viaduto Jacareí, 100

10º Andar - Sala 1018 - CEP 01319-900
Tels.: (11) 3396-4294 / 3981

São Paulo - SP