30ª Audiência Pública do Orçamento 2023

ALESP





Na última quinta-feira (2), nosso mandato foi representado pela nossa assessoria Neide Cai Cai Genesio Silva Marcos Rogério Lerois e Edinho na 30ª Audiência Pública do Orçamento 2023, realizada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.


Com demandas sobre saúde mental, Genésio Silva afirmou que as regiões do M'Boi Mirim, Campo Limpo e São Luiz precisam de equipamentos para a área. "A nossa saúde mental no Estado de São Paulo está precária, está abandonada, nós precisamos lutar juntos e contar com os nossos parlamentares aqui da Assembleia Legislativa para que tenhamos um olhar diferenciado para isso", disse.


Também do M'Boi Mirim, Neide Cai Cai trouxe sobre a necessidade de um Centro de Oncologia na região "Os pacientes que se encontram diagnosticados com neoplasia, com câncer, sofrem muito, porque não têm onde fazer um tratamento mais próximo", Neide abordou também sobre a falta de remédios em toda a a cidade. explicou.


Marcos Lerois criticou a porcentagem prevista no orçamento do último ano para esporte e lazer. "Não tem prioridade e não olha para as crianças, jovens e adolescentes periféricos".


Na ocasião também esteve presente na reunião o Deputado Federal Nilto Tatto que tratou sobre a necessidade de recursos para lidar com a crise climática, como chuvas e enchentes. "O rumo da construção do orçamento precisa incorporar a população, aqueles que mais precisam e enfrentar o próprio desafio geral, enfrentar a desigualdade e enfrentar outra crise que é planetária, e que afeta a gente no dia a dia, que é a crise climática".

Finalizando a reunião, o deputado Enio Tatto, cobrou mais atenção para a Secretaria da Assistência Social dentro do orçamento. "Essa Secretaria cuida das APAEs, do Bom Prato, dos convênios com as igrejas, todas as igrejas, com as entidades da sociedade civil, com as ONGs. Na pandemia, quem segurou as pontas foi a sociedade civil, foi a sociedade organizada", falou.


#audienciapublica #Alesp #Niltotatto #Eniotatto