Bolsonaro será denunciado por crime ambiental contra a humanidade no Tribunal de Haia


Frente à devastação da Amazônia, juristas brasileiros vem preparando, desde 23 de agosto, uma denúncia contra Jair Bolsonaro por crime ambiental contra a humanidade, que será apresentado ao Tribunal Penal Internacional (TPI), em Haia, na Holanda.

O elemento que sustenta a abertura da denúncia por ecocídio (destruição em larga escala do meio ambiente) é a existência de um presidente da República que declaradamente é contra leis ambientais.

Os juristas argumentam que Bolsonaro pode ser responsabilizado pelo aumento dos danos na Amazônia em 2019 devido a demora da resposta contra as queimadas na região e a atual política ambiental do governo. A ação está sendo articulada por especialistas em direitos humanos, direito ambiental e internacional.

setas_jair_sobe.png
setas_jair_home.png
setas_jair_segue.png

Câmara Municipal de São Paulo
Palácio Anchieta - Viaduto Jacareí, 100

10º Andar - Sala 1018 - CEP 01319-900
Tels.: (11) 3396-4294 / 3981

São Paulo - SP