contato

CÂMARA MUNICIPAL
DE SÃO PAULO

Palácio Anchieta 
Viaduto Jacareí, 100 - 10º andar - Sala 1018
CEP: 01319-900 | São Paulo-SP
Tels.: +55 11 3396-4919 / 4294 / 5116
Fax: +55 11 3396-3981

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Flickr Social Icon
  • Google+ Social Icon

Aulas começam com creches da rede municipal em obras

February 6, 2018

Cadê as creches prometidas?

 

As aulas começaram ontem na rede pública municipal, mas em seis creches em obras os alunos terão que esperar até o fim do mês. O prazo foi dado por funcionários ou operários das unidades.

 

No final do ano passado e em janeiro, essas creches fizeram matricularam alunos mesmo com os prédios em obras ou fechados.

Reportagem do Agora no início de janeiro mostrou que a Secretaria Municipal da Educação, da gestão João Doria (PSDB), estava matriculando crianças de 0 a 3 anos em creches ainda em construção.

 

Na ocasião, a secretaria disse que as unidades seriam inauguradas antes do início do ano letivo ou até ontem, data do início das aulas, o que não ocorreu.

 

 

Doria prometeu abrir 65 mil vagas até março.

O Agora voltou a seis unidades ontem e verificou que em quatro os prédios continuam em obras e as crianças, sem aulas.

 

Resposta

A Secretaria Municipal de Educação, da gestão João Doria (PSDB), disse por meio de nota que "todos os alunos matriculados" nas creches citadas na reportagem serão atendidos em fevereiro.

 

Porém, a secretaria não informou em qual dia do mês será feito o atendimento das crianças.

Segundo a secretaria, as aulas começam "dentro do cronograma de implantação de novos convênios, que prevê a instalação de novas unidade durante todo o ano".

 

A secretaria disse ainda que no caso das CEIs Rio Claro, no Capão Redondo (zona sul), e Amor de Criança, na Liberdade (região central), os convênios foram interrompidos pelas próprias entidades, que não conseguiram cumprir as exigências da prefeitura.

 

"Os alunos [dessas unidades] já foram encaminhados para outras unidades próximas de suas residências", disse.

 

Segundo a gestão Doria, as diretorias regionais de educação estão em contato com as famílias dos alunos dessas unidades e à disposição para esclarecimentos.

 

Notícia publicada hoje no Jornal Agora 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload